OS 10+ VENDIDOS EM JULHO DE 2022

Prestes a se aposentar, VW Gol ocupa a primeira posição no ranking do mês, seguido da picape Fiat Strada.

Alguém que olhe distraidamente para o topo da relação mais abaixo, com os modelos mais vendidos de julho no Brasil, talvez pense ter aberto uma página antiga da American Car. VW Gol na liderança? A última vez em que isso ocorreu foi em 2013! Qual o motivo desse “repentino” sucesso? 

Pelo perfil do modelo, o mais provável é que tenha, neste momento, um bom custo-benefício, especialmente para grandes frotistas e empresas de aluguel de carros, os principais clientes em termos de volume de vendas no mercado. Algo que, aliás, costuma ser comum a (bons) modelos com final de produção próximo e anunciado. 

De toda forma, vale lembrar que, como em qualquer disputa de longa duração, não basta liderar um mês (ou partida) para ser o campeão de vendas. Aqui, o que vale é a constância, o desempenho médio durante todo o ano.  

Vamos aos 10 mais vendidos de julho, segundo dados preliminares divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave): 

1 – Volkswagen Gol, 11.924 unidades

Com sua primeira geração lançada há 42 anos, o Gol é o maior sucesso em volume de vendas da VW no Brasil em todos os tempos. Atualmente, conta com a terceira modificação visual (de 2018) de sua terceira geração. 

Está disponível apenas com motor 1.0 flex de três cilindros e 6 válvulas, aspirado, que rende até 84 cv de potência e 10,4 kgfm de torque, com câmbio manual de 5 marchas, em uma única versão. Em 2023, o modelo deve dar lugar ao novo Polo Track. 

2 – Fiat Strada, 10.897 unidades

Líder absoluta entre os veículos comerciais, a picape leve da Fiat é também, na soma geral, o modelo mais vendido no país em 2022 até o momento (51.047 unidades no primeiro semestre do ano).  

Vivendo sua segunda geração, desde 2020, atrai compradores que vão do pequeno comerciante ou prestador de serviços, ao grande frotista e até quem procura uma opção mais versátil para um SUV. 

3 – Chevrolet Onix, 8.837 unidades

Com produção em crescimento, o hatch compacto da General Motors vem recuperando sua primazia – chegou a liderar o mercado por um bom tempo, com esta e com sua geração anterior. Com opções de motor 1.0 de três cilindros aspirado (mais simples) e turbo, é personagem constante na briga pelos primeiros lugares. 

4 – Hyundai HB20, 8.154

Junto com o Onix, acima, o compacto da montadora coreana é um best-seller de seu segmento e acaba de receber uma boa remodelação na sua, até então, “polêmica” dianteira. Para prever uma briga cabeça a cabeça entre ele e o rival da gravatinha não é preciso bola de cristal, mas apenas olhar a evolução dos números de ambos. 

5 – Chevrolet Onix Plus, 8.133 unidades

A versão de três volumes da família de compactos da GM acelera na direção dos postos mais altos do ranking, que só deixou de ocupar por falta de carros nas concessionárias (devido à crise com os semicondutores, principalmente). É o líder isolado entre os sedãs e, além do espaço, tem o baixo consumo de combustível como grande atrativo. 

6 – Fiat Argo, 6.103 unidades

O hatch da Fiat é outro que voltou a frequentar a lista dos “maiorais”, depois de um breve período de vendas menos pujantes, praticamente dobrando sua quantidade de emplacamentos em relação ao mês anterior.  

Ele até recebeu alguns (discretos) retoques no visual, mas não parece ter sido essa a causa do ganho, até porque as unidades vendidas em julho ainda eram do modelo 2022. O bom e velho custo-benefício (e promoções) costuma explicar esse tipo de variação. 

7 – Chevrolet Tracker, 5.996 unidades

E não é que o primeiro SUV da lista também é da, digamos, “família Onix”? Compartilhando muitos componentes com os manos hatch e sedã, ele certamente também está sendo beneficiado pelo aumento da produção. 

8 – Fiat Pulse, 5.300 unidades

O primeiro SUV com a marca Fiat chegou chegando e, sem fazer lá tanto alarde, esse mês já desbancou o bem vendido VW T-Cross, o que não é pouco. Ele acaba de ganhar uma versão mais braba, com motor de 185cv, a Abarth, que se dificilmente se transformará no carro-chefe da linha, certamente vai reforçar sua imagem esportiva. 

9 – Nissan Kicks, 5.221 unidades

Rejuvenescido em 2021, com uma nova grade e faróis frontais, o SUV da Nissan foi lançado aqui em 2016, como carro oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Talvez venha daí seu fôlego de maratonista.  

Com boa fama de robustez e conforto, tem um estilo bem próprio e, se nunca chegou a ser o líder de seu segmento, sempre esteve na disputa com números bons o suficiente para justificar sua produção na fábrica da marca em Resende (RJ). 

10 – Hyundai Creta, 5.124 unidades

Em boa posição (a sétima) entre os modelos mais vendidos no ano até aqui, o SUV produzido em Piracicaba dificilmente não estará entre os 10 mais do ano. É outro que se destaca pelo estilo marcante, combinado com bons pacotes de acessórios e recursos, e ainda traz a fama positiva de sua marca no pós-vendas. 

Veja aqui o ranking dos 10+ vendidos em julho de 2022 (segundo a Fenabrave)

  • 1º – VW Gol = 11.925 unidades
  • 2º – Fiat Strada = 10.897 unidades
  • 3º – Chevrolet Onix = 8.837 unidades
  • 4º – Hyundai HB20 = 8.156 unidades
  • 5º – Chevrolet Onix Plus = 8.135 unidades
  • 6º – Fiat Argo = 6.103 unidades
  • 7º – Chevrolet Tracker = 5.998 unidades
  • 8º – Fiat Pulse = 5.300 unidades
  • 9º – Nissan Kicks = 5.221 unidades
  • 10º – Hyundai Creta = 5.125 unidades

Fonte: Icarros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.